Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Síria

Annan chocado com massacre de Treimsa

por Patrícia Viegas com agências  

Enviado internacional para a Síria, Kofi Annan, reagiu hoje, em comunicado, ao massacre de Treimsa, na província síria de Hama, dizendo estar "chocado e assustado" com as notícias que chegam do terreno. O Observatório sírio dos Direitos Humanos (OSDH) acusa as forças do regime sírio de terem bombardeado essa localidade, enquanto o Governo de Bachar al-Assad culpa "grupos de terroristas" de terem levado a cabo o massacre para "provocar uma intervenção estrangeira" na Síria.

Num comunicado divulgado hoje em Genebra e citado pela AFP, Annan, ex-secretário-geral da ONU, diz que o massacre de Treimsa é "uma violação do compromisso do Governo em acabar com o emprego de armas pesadas nos centros populosos e o seu compromisso em relação ao plano [de paz] dos seis pontos"

Em Treimsa, a maioria dos 200 mortos, número que ainda poderá crescer, são civis, segundo testemunhos de residentes na zona e ativistas de defesa dos direitos humanos que foram ouvidos por agências como a AFP e televisões como a Al-Arabiya.

"As tropas governamentais bombardearem Treimsa utilizando tanques e helicópteros", declarou, à AFP, por telefone, o presidente do OSDH, Rami Abdel Rahmane, acrescentando que, nesta pequena localidade, "poderá ter acontecido o maior massacre cometido desde o início da revolta na Síria" em março de 2011.

A matança decorreu na quinta-feira à noite mas o balanço trágico dos mortos começou a ser feito com o início do dia de hoje. Primeiro, chegou o Exército e começou a disparar. Depois, milícias fiéis ao regime, vindas de localidades vizinhas, começaram a matar os habitantes nas suas casas. Uns morreram na explosão das bombas, outros em resultado de disparos recebidos na cabeça, segundo a versão da Comissão Geral para a Revolução Síria.

Ativistas ouvidos pela Al-Arabiya disseram que os helicópteros do regime visavam os camiões que transportavam ajuda humanitária para a localidade. Várias casas e mesquitas foram incendiadas, relata a agência Dpa.


Ler Artigo Completo(Pág.1/2) Página seguinte
Patrocínio
 
3235Visualizações
1 Impressão
37Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
RELACIONADO
 
Comentar

Se tem conta, faça Login

Email

Password




PUB
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - DN Destaque

Especiais

Recuar
Avançar
TSF Superbrand - DN destaque
BT Edições Multimédia
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Concorda com a prova de avaliação aos professores?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper