Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Investigação

Acidente de Fukushima foi causado pelo homem

por Lusa, publicado por Ricardo Simões Ferreira  

O responsável pelo inquérito ao acidente, Kiyoshi Kurokawa, refresca-se com um leque
O responsável pelo inquérito ao acidente, Kiyoshi Kurokawa, refresca-se com um leque Fotografia © REUTERS/Toru Hanai

O acidente da central nuclear de Fukushima foi "causado pelo homem" e não só pelo tsunami de 11 de março de 2011, conclui uma comissão de inquérito mandatada pelo Parlamento japonês no seu relatório final sobre a catástrofe.

"É claro que este acidente foi um desastre causado pelo homem. O Governo, autoridades reguladoras e a Tokyo Electric Power Company [TEPCO] falharam no seu dever de proteger a vida das pessoas e a sociedade", refere o documento hoje divulgado.

De acordo com os resultados da investigação levada a cabo pela comissão mandatada pelo Parlamento japonês, "a central nuclear de Fukushima Daiichi encontrava-se numa situação vulnerável a 11 de março [de 2011], sem garantias de que pudesse resistir a sismos e a tsunamis".

"Apesar de terem tido uma série de oportunidades para adotar medidas, as agências reguladoras e a TEPCO adiaram decisões deliberadamente, não agiram ou tomaram decisões que eram convenientes para si próprios", acrescenta o relatório sobre a catástrofe.


Patrocínio
 
2219Visualizações
4Impressões
4Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
Comentar

Se tem conta, faça Login

Email

Password




PUB
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - DN Destaque

Especiais

Recuar
Avançar
TSF Superbrand - DN destaque
BT Edições Multimédia
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Tensão do Ocidente com a Rússia pode favorecer a Base das Lajes?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper