Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


WikiLeaks

Polícia britânica convoca Assange

por DN.pt  

Julian Assange
Julian Assange Fotografia © Reuters

A polícia britânica convocou hoje o fundador da WikiLeaks Julian Assange, atualmente refugiado na embaixada do Equador, tendo em vista a sua extradição para a Suécia, onde é acusado de abusos sexuais e violação.

"É uma prática corrente nos assuntos de extradição e este é o primeiro procedimento", indicou a polícia num comunicado publicado esta quinta-feira dia 28 de junho, dia fixado pelo Supremo Tribunal como a data a partir da qual a extradição de Assange pode ser posta em marcha.

O australiano "terá que apresentar-se num posto de polícia à data e hora que nós indicarmos", disse a polícia, sem mais precisar, noticia a AFP.

Mas, segundo fontes citadas pela Press Association, Assange está convocado para amanhã às 11.30 no posto de Belgravia, no centro de Londres.

A Scotland Yard lembrou que Assange, que está refugiado na embaixada do Equador em Londres desde 19 de junho, tendo pedido asilo político a este país latino-americano, violou as regras da sua liberdade condicional. "Não se apresentar a esta convocatória será uma nova violação passível de prisão", avisou desde logo a polícia.

Assange continua à espera de uma decisão das autoridades equatorianas sobre o seu pedido de asilo. Enquanto estiver na embaixada do Equador, o fundador da WikiLeaks encontra-se fora do alcance das autoridades britânicas.


Patrocínio
 
899Visualizações
0Impressões
0Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
Comentar

Se tem conta, faça Login

Email

Password




PUB
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - DN Destaque

Especiais

Recuar
Avançar
TSF Superbrand - DN destaque
BT Edições Multimédia
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Justifica-se pagar 1500 euros para garantir médicos nas urgências no Natal e Ano Novo?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper