Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


África do Sul

Ministra exorta o seu governo a pedir desculpa a Dalai Lama

 

A ministra sul-africana da Saúde, Barbara Hogan, exortou hoje o seu próprio governo a pedir desculpas ao Dalai Lama por lhe ter recusado um visto para participar numa conferência de paz entretanto adiada.

Em declarações à televisão estatal SABC, a ministra acusou o executivo de revelar desprezo pelos direitos humanos com atitudes como a que teve relativamente ao líder espiritual budista do Tibete.

"O simples facto de este governo ter recusado entrada no país ao Dalai Lama é demonstrativo de um governo que despreza os direitos humanos", disse Barbara Hogan.

Hogan desafiou em seguida o executivo a pedir desculpas à nação pelas suas acções.

"Penso que o governo deveria apresentar desculpas à nação e aos cidadãos deste país porque foi em nome deles que este grande homem que tanto lutou pelos direitos no seu país foi impedido de entrar no nosso país", concluiu a responsável pela pasta da Saúde, nomeada em Setembro do ano passado para o executivo após a demissão do então presidente Thabo Mbeki.


Ler Artigo Completo(Pág.1/3) Página seguinte
Patrocínio
 
2683Visualizações
1 Impressão
0Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
RELACIONADO
 
Comentar

Se tem conta, faça Login

Email

Password




PUB
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - DN Destaque

Especiais

Recuar
Avançar
TSF Superbrand - DN destaque
BT Edições Multimédia
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Concorda com a prova de avaliação aos professores?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper