Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Diz presidente

BCP prevê reduzir mais 250 trabalhadores já este ano

por Lusa, texto publicado por Sofia Fonseca  

O BCP prevê reduzir o número de trabalhadores em cerca de 250 pessoas por ano, através de saídas naturais de funcionários que não são substituídos, disse esta sexta-feira o presidente do banco, Nuno Amado.

Depois de este ano terem saído quase 1.000 trabalhadores do BCP, sendo que mais de 600 foram através de rescisões amigáveis, Nuno Amado disse que agora o objetivo é haver "saídas naturais de 200 a 250 pessoas por ano".

O banqueiro justificou este plano com a menor procura de serviços bancários e o uso crescente de meios eletrónicos pelos clientes, pelo que o banco fechará agências.

Ainda assim, Nuno Amado não pôs completamente de parte um processo mais agressivo de saída de colaboradores.

"Isto não quer dizer que se as condições de enquadramento se alterarem ou se houver alguma outra evolução, as coisas não tenham de ser ajustadas", afirmou.

Nuno Amado falava aos jornalistas no final de uma audição na Comissão de Orçamento e Finanças, no parlamento, em Lisboa, no âmbito do processo de recapitalização da banca.


Ler Artigo Completo(Pág.1/2) Página seguinte
Patrocínio
 
2115Visualizações
3Impressões
6Comentários
1Envio
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
RELACIONADO
 
Comentar

Se tem conta, faça Login

Email

Password




PUB

Especiais

Recuar
Avançar
Conferência 3º Aniv DV - DN Destaque 300x100




PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

A Justiça está a ser muito demorada na aplicação da medida de coação a José Sócrates?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper