Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Grécia

Samaras compromete-se a acelerar programa de privatizações

por Lusa  

O primeiro-ministro grego, Antonis Samaras, comprometeu-se hoje a acelerar as reformas exigidas pelos credores internacionais e dar prioridade às privatizações, numa carta dirigida aos homólogos reunidos na cimeira de Bruxelas.

"Vou acelerar a aplicação do programa, colocando um acento na agenda das privatizações", prometeu Samaras numa carta entregue pelo presidente grego, Carolos Papoulias, que o substitui no Conselho Europeu que decorre hoje e sexta-feira em Bruxelas. Samaras continua a recuperar de uma operação a um descolamento da retina, efetuada no sábado.

Na missiva, divulgada pela agência noticiosa francesa AFP, o primeiro-ministro conservador grego sugeriu em contrapartida "uma série de alterações" ao programa "para controlar o desemprego sem precedentes na Grécia e travar a devastadora recessão que o país atravessa há cinco anos consecutivos".

"Estas modificações são igualmente necessárias para atingir os objetivos do programa", considerou Samaras.

O Fundo de análise do património privado do Estado, uma agência constituída a pedido dos credores internacionais (União Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional) tem a missão de acompanhar um programa de vendas de ativos públicos avaliados em 19,5 mil milhões de euros até finais de 2015, no âmbito das medidas para diminuir a dívida do país.

O programa está atrasado e até ao momento o programa apenas garantiu três mil milhões, de acordo com os dados provenientes de Bruxelas.


Ler Artigo Completo(Pág.1/2) Página seguinte
Patrocínio
 
732Visualizações
2Impressões
0Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
RELACIONADO
 
TAGS
 


PUB

Especiais

Recuar
Avançar




PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Acredita que Governo vai conseguir cortar 390 milhões em gastos no Estado até 2019??

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper