Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Meira Fernandes

Meira Fernandes admite que nenhum conceituado economista apoiou o plano Cadilhe

 

O ex-administrador do Banco Português de Negócios (BPN) Meira Fernandes admitiu hoje que nenhum reputado economista nacional acreditou na viabilidade do plano de 2008 do ex-ministro Miguel Cadilhe para recuperar o banco sem recurso à nacionalização.

Meira Fernandes, administrador do BPN na equipa liderada por Miguel Cadilhe, falava na comissão parlamentar de inquérito sobre a nacionalização e reprivatização do BPN, na sequência de uma pergunta formulada pela deputada socialista Ana Catarina Mendes.

Ana Catarina Mendes perguntou diretamente a Meira Fernandes quantos economistas, em 2008, apoiaram a viabilidade do "plano Cadilhe" para a recuperação do BPN.

Meira Fernandes respondeu: "Provavelmente nenhum".

"Provavelmente, na altura [em 2008], estava toda a gente com a nacionalização, assim como agora está toda a gente contra a nacionalização".

Na sua intervenção, a deputada socialista procurou depois desmontar as críticas antes feitas pelo administrador da equipa de Miguel Cadilhe ao ex-ministro das Finanças Teixeira dos Santos e ao ex-governador do Banco de Portugal, Victor Constâncio.


Ler Artigo Completo(Pág.1/2) Página seguinte
Patrocínio
 
1433Visualizações
0Impressões
0Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
RELACIONADO
 
Comentar

Caracteres disponíveis: 750

Receber alerta de resposta Aparecer como Anónimo
Lembrar dados pessoais
  • Comentar

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O DN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Receber alerta de resposta - será enviado um alerta para o seu e-mail sempre que houver uma resposta ao seu comentário. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados. Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

Se tem conta, faça Login

Email

Password

Legenda

Utilizador RegistadoUtilizador Registado    Utilizador Não RegistadoUtilizador Não Registado





PUB

Especiais

Recuar
Avançar




PUBLICIDADE
sondagem

Inquérito DN

Acredita que o ébola vai chegar a Portugal?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper