Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Astronomia

Europa aprova maior telescópio do mundo

por LN  

Imagem artística mostra o futuro ELT
Imagem artística mostra o futuro ELT Fotografia © ESO

O ELT será construído no Chile e terá um espelho com quase 40 metros de diâmetro, quatro vezes mais do que os existentes.

O conselho diretivo do Observatório Europeu do Sul (ESO, na sigla inglesa) aprovou a construção daquele que será o maior telescópio do mundo, com um espelho de 39,3 metros de diâmetro e com resolução tão apurada que permitirá observar planetas rochosos no exterior do nosso sistema solar. A máquina será construída no Chile, terá custo superior a mil milhões de euros e deve estar operacional em 2022.

O telescópio, baptizado Extremely Large Telescope (ELT), será construído no Cerro Armazones, no Deserto de Atacama, norte do Chile, onde o consórcio ESO já tem três grandes instalações, incluindo o VLT, o maior interferómetro do mundo, que usa quatro grandes telescópios com espelhos de 8,2 metros de diâmetro cada. Para se perceber a importância do ELT, basta dizer que os maiores telescópios ópticos da atualidade têm 10 metros de diâmetro, como é o caso do Grande Telescópio das Canárias (europeu) e os dois Keck no Hawai (americanos).

A decisão de avançar com o novo telescópio foi aprovada por 10 dos 15 países que integram a organização e 90% do financiamento está garantido. Portugal é um dos Estados membros e ainda não aderiu ao projeto, assim como o Brasil, que não concluiu a ratificação do acordo, mas cuja eventual participação reduzirá os custos de cada participante.

Para já, a construção foi apoiada por seis nações (incluindo Suíça, Alemanha e Holanda), com outras quatro (entre elas o Reino Unido e a Itália) a fazerem depender a aprovação final dos respetivos governos. A ESO é uma das principais organizações científicas intergovernamentais europeias.


Patrocínio
 
5788Visualizações
21Impressões
3Comentários
5Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
Comentar

Se tem conta, faça Login

Email

Password




PUB
NOS ConferênciaPrémioInovaçãoNOS - DN Destaque

Especiais

Recuar
Avançar
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - DN Destaque
BT Edições Multimédia
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Pensa que as taxas de juro negativas são boa notícia para as famílias portuguesas?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper