Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Polícia de Moscovo

Bailarino confessa ataque com ácido a diretor do Bolshoi

por Lusa, publicado por Graciosa Silva  

Pavel Dmitrichenko, bailarino do Bolshoi e mentor do ataque.

Pavel Dmitrichenko, bailarino do Bolshoi e mentor do ataque. Fotografia © Reuters

Os três suspeitos do ataque com ácido perpetrado contra o diretor artístico do Teatro Bolshoi, detidos na terça-feira, assumiram a culpa no crime, incluindo um solista da companhia de bailado daquele teatro, revelou hoje a polícia de Moscovo.

Pavel Dmitrichenko, que foi o mentor do ataque, Yury Zarutsky, que o levou a cabo, e o motorista Andrei Lipatov assinaram confissões escritas, disse a polícia num comunicado, citado pela agência AFP.

Serguei Filine foi atacado, em meados de janeiro, junto da sua residência no centro de Moscovo por um desconhecido que lhe lançou ácido sulfúrico contra o rosto, causando-lhe queimaduras graves, incluindo nos olhos.

O diretor do Bolshoi, uma das companhias de bailado mais prestigiosas do mundo, foi submetido a três operações cirúrgicas oculares em Moscovo e, de acordo com os médicos russos, não precisa de se sujeitar a mais intervenções.

Atualmente, Filine encontra-se na Alemanha a receber tratamento.

Serguei Filine, um antigo bailarino de 42 anos, foi nomeado em 2011 para o cargo de diretor artístico do bailado do Bolshoi.


Patrocínio
 
3148Visualizações
2Impressões
4Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
RELACIONADO
 
Comentar

Se tem conta, faça Login

Email

Password




PUB

Especiais

Recuar
Avançar
Coleção DN 150 anos - DN Destaque
BT Edições Multimédia
Epaper
Ocasião/Zaask - Destaque 300x100 DN (Pintura) (22-24Nov)



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Como classifica a atuação da justiça portuguesa nos últimos meses?

Muito boa
Boa
Média

Muito má
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper