Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Guimarães

Balanço positivo nos seis meses da Capital da Cultura

por Joana Emídio Marques  

As exposições já atraíram 150 mil visitantes
As exposições já atraíram 150 mil visitantes Fotografia © Daniel Rodrigues/Global Imagens

Foi com evidente entusiasmo que João Serra, presidente da Fundação que gere a Guimarães Capital Europeia da Cultura (CEC), afirmou: "O adquirido na primeira metade de execução da CEC é notável. Tudo o que resulta na cultura resulta na economia". Estas declarações foram feitas ontem ao DN logo após a divulgação dos números relativos aos primeiros seis meses de atividades da CEC. A cerimónia contou com a presença do ex-presidente da República Jorge Sampaio.

De janeiro a julho, Guimarães 2012 desenvolveu 950 eventos, que se traduziram em 30 novos filmes, na estreia mundial de 10 novas criações musicais, 20 residências artísticas de teatro e dança, com uma assistência que ultrapassou os 300 mil participantes. O envolvimento da população e agentes locais na programação foi intenso, com a participação de mais de 8.000 vimaranenses não profissionais e a colaboração de cerca de 250 entidades ou empresas da cidade e da região em cerca de 350 projetos. A este propósito destacamos as 13.000 horas de voluntariado local já oferecido ao projeto.

A aposta na nova criação foi central neste semestre, realçando-se, por exemplo, a produção local de 30 novos filmes, a estreia mundial de 10 novas criações musicais encomendadas pela Fundação Cidade de Guimarães ou a realização de 20 residências artísticas de teatro e dança que tiveram como ponto de partida dramaturgias e temáticas locais.

No âmbito da educação, formação e experimentação destacam-se mais de 200 workshops, as 170 ações de serviço educativo e as dezenas de laboratórios abertos promovidos.

Esta programação trouxe à cidade mais de 13.000 criadores, técnicos, produtores, conferencistas e outros profissionais, sendo mais de um milhar os cidadãos estrangeiros que trabalharam na cidade nestes últimos seis meses no âmbito da Capital Europeia da Cultura.

Segundo deu conta o presidente da Fundação Cidade de Guimarães, João Serra, já foram executados cerca de 40 por cento dos 25 milhões de euros previstos no orçamento global, que conta com um financiamento europeu de 18 milhões, "já completamente assegurado". Recorde-se que em Maio o atraso nas transferências dos fundos comunitários obrigaram a Capital Europeia da Cultura a recorrer a um financiamento bancário a curto prazo.


Patrocínio
 
1919Visualizações
4Impressões
0Comentários
2Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
RELACIONADO
 
TAGS
 
Comentar

Caracteres disponíveis: 750

Receber alerta de resposta Aparecer como Anónimo
Lembrar dados pessoais
  • Comentar

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O DN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Receber alerta de resposta - será enviado um alerta para o seu e-mail sempre que houver uma resposta ao seu comentário. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados. Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

Se tem conta, faça Login

Email

Password

Legenda

Utilizador RegistadoUtilizador Registado    Utilizador Não RegistadoUtilizador Não Registado





PUB

Especiais

Recuar
Avançar
BT Edições Multimédia
Epaper
Ocasião/Zaask - Destaque 300x100 DN



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Como é que PSD e CDS devem concorrer às próximas legislativas?

Coligados
Separados
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper