doença de rhesus

___ A eritroblastose fetal é uma doença que resulta de uma incompatibilidade sanguínea entre mãe e feto e pode conduzir a anemia grave, insuficiência renal, danos cerebrais, ou mesmo à morte do feto.

Comummente chamada "doença de Rhesus", só se verifica mediante a reunião de três condições: o tipo sanguíneo da mãe ser Rh negativo, o do bebé Rh positivo e, finalmente, se o sangue da mãe tiver sido exposto ao factor Rh positivo (durante uma primeira gravidez ou por transfusões de sangue). Daí que seja pouco comum que o primeiro filho seja afectado pela doença.

Quando estas condições se verificam, o corpo da mulher começa a produzir anticorpos que, caso atravessem a placenta, atacam as células sanguíneas do bebé.

Se a patologia não for tratada, pode ter consequências como surdez, cegueira ou futuras dificuldades de aprendizagem. O tratamento dos recém-nascidos inclui fototerapia ou possíveis transfusões de sangue.

Esta complicação é muito rara actualmente, já que existe vacinação preventiva.

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular