Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Universidades com regras comuns nas praxes

por DN.pt  

Nove universidades vão ter praxes guiadas por princípios comuns.

"Os órgãos que tutelam as praxes em nove universidades e politécnicos vão subscrever, no início do mês, uma carta de princípios comuns para a recepção a novos alunos. Os 'veteranos' assumem o objectivo de defenderem as chamadas 'tradições académicas' das críticas que se têm tornado mais fortes nos últimos anos face a casos de abuso, definindo para isso os critérios que regem essas práticas", escreve o Público na edição de hoje.

"O documento que será agora assinado terá dois princípios base: o 'respeito pela dignidade humana' e a 'responsabilização individual pelos actos'. A partir destas premissas vão estabelecer-se as regras comuns" a vigorar nas noves academias subscritoras, nota o diário.

"A carta de princípios foi subscrita pelas academias de Évora, Porto, Aveiro, Minho, Beira Interior, Trás-os-Montes e Alto Douro, Leiria e Coimbra. Cada academia vai manter a autonomia para redigir os seus próprios códigos de praxe, mas comprometendo-se a adequá-los às regras agora acordadas. O documento será tornado público no dia 8 de setembro, numa cerimónia agendada para o Páteo deas Escolas da Universidade de Coimbra", refere ainda o jornal.


Patrocínio
 
3889Visualizações
3Impressões
17Comentários
3Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
Comentar

Se tem conta, faça Login

Email

Password






PUB
NOS ConferênciaPrémioInovaçãoNOS - DN Destaque

Especiais

Recuar
Avançar
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - DN Destaque
BT Edições Multimédia
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Pensa que as taxas de juro negativas são boa notícia para as famílias portuguesas?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper