Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Eleições

Paulo Portas: Cavaco Silva colocou "o dedo na ferida" ao defender crescimento económico

por Lusa  

O líder do CDS-PP considerou hoje que o Presidente da República colocou "o dedo na ferida", ao abordar o crescimento económico como condição para a criação de emprego, sublinhando que é preciso "mudar de vida".

"Chamaria a atenção para o dedo na ferida que [Cavaco Silva] colocou relativamente à necessidade de proteger o crescimento económico, que é a condição para a criação de emprego", disse Paulo Portas aos jornalistas, à saída do debate na RTP com o secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa.

Paulo Portas sublinhou que o discurso de Cavaco Silva ao país "é uma intervenção de quem sabe de política económica", acrescentando que o Presidente da República explicou "com muito realismo" por que é que se tornou inevitável o pedido de ajuda externa.

Paulo Portas e Jerónimo de Sousa inauguraram hoje, na RTP, os debates televisivos entre os cinco principais partidos com representação parlamentar.

Durante o debate, o líder do CDS-PP disse, sobre a comunicação de Cavaco Silva, ter ficado "muito sensibilizado" com o apelo presidencial para que os portugueses consumam produtos nacionais.

Por outro lado, destacou a necessidade de "uma ética social", sobretudo em tempos de austeridade.


Ler Artigo Completo(Pág.1/2) Página seguinte
Patrocínio
 
1912Visualizações
9Impressões
0Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
RELACIONADO
 




PUB
NOS ConferênciaPrémioInovaçãoNOS - DN Destaque

Especiais

Recuar
Avançar
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - DN Destaque
Continente UVA D'OURO 2015 DN 300x100
Btn EdMultimedia - Geral
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

PSD e CDS fazem bem em avançar coligados para as eleições legislativas?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper