Valor da Brisa fora da Bolsa pode duplicar

Bancos financiadores da OPA estimam que as ações compradas a 2,76 euros possam valer seis euros nos seus balanços. Saída da Bolsa está garantida.

O "Jornal de Negócios" escreve que os bancos financiadores do Grupo José de Mello e do fundo Arcus na OPA à Brisa estimam que as ações da empresa, compradas por 2,76 euros, possam ser avaliadas nos seus balanços em seis euros. Uma diferença de 117%&. Esta estimativa não é oficial nem sequer pública, mas foi apurada junto de fontes conhecedoras do processo. A OPA encerrou ontem e os dados serão comunicados esta quinta-feira, mas o seu sucesso permitirá a desejada retirada de Bolsa.

Retirando a empresa da Bolsa, a Brisa será avaliada por um auditor independente, que considerará variáveis fundamentais como "cash flows" futuros e a taxa de atualização desses "cash flows".

Últimas notícias

Recomendadas

Contéudo Patrocinado

Mais popular