Túnel do Marão pode acabar nas mãos dos bancos

Hipóteses de acordo esgotaram-se. Concessionária avançou agora com ação para rescisão de contrato por incumprimento do Estado.

O "Jornal de Negócios" escreve que as hipóteses de acordo para o Túnel do Marão estarão esgotadas. A concessionária liderada pela Somague avançou com uma ação de arbitragem para a rescisão do contrato de concessão por incumprimento do Estado. Os bancos financiadores estão, por seu lado, a ponderar assumir o capital da concessionária, em defesa do crédito que concederam.

As obras de construção do túnel estão paradas há mais de um ano, o que deixou centenas no desemprego e retirou o "ganha pão" a pequenas empresas locais.

Últimas notícias

Mais popular