Transportes perderam 50 milhões de passageiros

Empresas públicas perderam em seis meses o dobro dos passageiros que tinham perdido em 2011. Lisboa liderou na quebra da procura.

O "Jornal de Notícias" escreve que as empresas de Lisboa, Metropolitano e Carris, sofreram as maiores quebras na procura, perdendo no seu conjunto 36,5 milhões de passageiros. No Porto, a STCP e o Metro transportaram menos 6,719 milhões de passageiros. Em todo o País, a CP transportou menos 6 milhões de pessoas.

O número de passageiros perdidos entre janeiro e junho deste ano atinge os 49,1 milhões e é o dobro dos 24,5 milhões de passageiros que o Metropolitano de Lisboa, CP, Carris e a STCP perderam em 2011, face a 2012.

Segundo os especialistas a causa para a fuga de passageiros é o aumento dos tarifários mas para as empresas, a quebra da procura deve-se ao desemprego e à recessão económica.

Últimas notícias

Recomendadas

Contéudo Patrocinado

Mais popular