Pilotos da TAP ameaçam com greves em julho e agosto

Sindicato quer afastamento do diretor de operações e anulação de faltas ou sanções aos pilotos.

O "Diário Económico" escreve que os pilotos da TAP ameaçam avançar com duas novas greves, já em julho e agosto, caso não sejam cumpridas as exigências definidas em assembleia-geral, segundo um comunicado do Sindicato dos Pilotos de Aviação Civil (SPAC) divulgado ontem ao final do dia.

"Os pilotos da TAP, reunidos hoje em assembleia, decidiram exigir da TAP o compromisso formal de cessação imediata de funções dos actuais titulares dos cargos de Director de Operações de Voo e Piloto Chefe" e ainda "o compromisso de anulação de todas as faltas injustificadas e/ou sanções acessórias aplicadas aos pilotos, decorrentes directa ou indirectamente de interpretações unilaterais do Acordo de Empresa por parte da administração da TAP", explica a direção do sindicato em comunicado.

"Caso a administração não cumpra as duas exigências votadas pelos pilotos", a direção do SPAC está mandatada para apresentar um pré-aviso de greve de 5 a 8 de julho e de 1 a 5 de agosto.

Últimas notícias

Recomendadas

Contéudo Patrocinado

Mais popular