Corte da despesa não apaga desvio nas receitas

O Estado está a cumprir os limites impostos pela troika à custa do corte nos subsídios mas as receitas fiscais derrapam. O Governo vai avançar com cativações para garantir que a redução da despesa se mantém acima do orçamentado.

A perspetiva de atingir as metas impostas pela troika afigura-se cada dia mais distante, ao fim de seis meses de consolidação orçamental. As receitas fiscais estão abaixo do previsto e a recessão e o desemprego geraram uma fatura de 960 milhões, nas contas do "Público".

A despesa está a cair mais do que o previsto, mas também há riscos. Para os prevenior o executivo avança com uma cativação de 300 milhões de euros.

Últimas notícias

Mais popular