Corrida às reformas abre um buraco de 120 milhões

Aumento da despesa na Caixa Geral de Aposentações obriga Governo a das meias verbas à CGA.

O "Correio da Manhã" escreve que o Governo foi obrigado a transferir para a Caixa de Aposentações (CGA), nos primeiros sete meses do ano, mais 120,5 milhões de euros para o pagamento das pensões. Bettencourt Picanço e José Abraão, dirigentes sindicais da Administração Pública, atribuen este aumento da despesa à corrida à reforma dos funcionários públicos.

Para já, as novas pensões perderam em média, segundo aqueles dirigentes, cerca de 15%. Ou seja: por mês, são quase 150 euros por cada mil. A despesa com da CGA com reformas está a aumentar, apesar do montante das novas pensões dos funcionários públicos estar em queda acentuada. "Em média, a pensão está a cair carca de 150 euros por cada mil euros", diz José Abraão. E Bettencourt Picanço remata que "a queda média da pensão ronda os 15%".

Últimas notícias

Recomendadas

Contéudo Patrocinado

Mais popular