BCP e BPI vão pagar 1250 milhões ao Estado

Escreve o Jornal de Negócios que este será o custo total se apoio durar cinco anos. Cimeira Europeia pode ajudar a reduzir factura

O BCP e o BPI vão pagar cerca de 1250 milhões de euros pelos 4500 milhões que o Estado injectou ontem nas duas instituições. Segundo o Jornal de Negócios este é o custo máximo do apoio público se a assistência estatal se mantiver durante os cinco anos previstos nas mesmas condições estabelecidas à partida.

Mas entre os responsáveis do sector há a expectativa de que as exigências de solvabilidade a que os bancos estão sujeitos possam ser aliviadas neste horizonte temporal.

Últimas notícias

Mais popular