Passos Coelho: "Tenho a noção de que tenho corrido demasiados riscos"

O presidente do PSD disse hoje ter a noção de que tem "corrido demasiados riscos" ao dispor-se a responder "a tantas questões" e de uma forma frontal, mas considerou que é isso que o distingue.

Durante um debate com uma plateia maioritariamente jovem, num hotel de Bragança, em que respondeu também a questões colocadas através do Facebook, Passos Coelho contou que hoje vinha no carro em conversa com o seu colaborador para a área da comunicação social, Rui Baptista, e lhe perguntou se não têm sido "um bocadinho ingénuos".

Segundo o presidente do PSD, que referiu que "isto vem a propósito desta polémica sobre a questão da lei do aborto", nesta campanha tem sido possível colocar-lhe "todas as questões e mais algumas" e tem respondido "com sinceridade e de forma genuína às perguntas". Nesta sessão que foi aberta à comunicação social, Passos Coelho acrescentou que a resposta de Rui Baptista foi que era isso que os "distinguia dos outros".

E concordou: "É verdade, eu acho que ele tem razão. Realmente, às vezes é preciso correr riscos. Esses riscos não me causam um arrependimento, mas tenho a noção de que tenho corrido demasiados riscos e que tenho proposto um caminho demasiado difícil, que às vezes as pessoas têm dificuldade em entender".

Últimas notícias

Mais popular