PCP critica "contentamento" de Vital Moreira com incidentes no 1º de Maio

PCP e PS envolveram-se hoje numa dura troca de palavras sobre as agressões ao cabeça-de-lista socialista às próximas eleições europeias, Vital Moreira, na manifestação do 1º de Maio.

Numa intervenção política, no Parlamento, o líder parlamentar comunista, Bernardino Soares, acusou Vital Moreira e José Sócrates de se aproveitarem do incidente. E, desafiando os socialistas a provarem que o PCP foi responsável por aquele acto, criticou: “O PS devia era discutir com o seu candidato o contentamento que ele demonstrou com o incidente, quando disse, prazenteiro, “já tenho a minha Marinha Grande”. “A rapidez com que Vital Moreira acusou o PCP só demonstra que a sua única preocupação e o objectivo desta insultuosa manobra foi caluniar este partido”, afirmou Bernardino Soares. Para o deputado do PCP “os comportamentos individuais ofensivos são a todos os títulos lamentáveis”. Mas “não são menos repugnantes o oportunismo político, a falsificação política e a mentira em que o PS, o seu candidato e José Sócrates se empenharam”.Na resposta o socialista Mota Andrade ripostou - “A calúnia é uma das vossas características”. E, voltando a exigir um pedido de desculpas aos comunistas pelo incidente do 1º de Maio, acusou: “O vosso nervosismo tem a ver com o facto de o partido à vossa esquerda [BE] já ter o dobro das vossas intenções de voto”.

Últimas notícias

Mais popular