Portas: protecção à Galp e EDP é uma "vergonha"

Paulo Portas considera uma "vergonha" a protecção que é dada à Galp e à EDP à custa do consumidor e prometeu uma nova autoridade reguladora para aumentar a concorrência em Portugal.

"Os portugueses sabem que o que se passa nos combustíveis é uma vergonha: é a protecção a uma empresa, chamada Galp, à custa do consumidor," afirmou durante uma acção de campanha, em Chaves, perto da fronteira com Espanha. "Na electricidade, é a protecção de um monopólio de facto entre a EDP e a REN".

"Precisamos de politica de concorrência a serio Com esta autoridade da concorrência não vamos a lado nenhum," acrescentou.

Portas falou um dia depois do enviado do FMI a Portugal ter afirmado que o reforço da concorrência é importante para a economia.

O líder do CDS aproveitou o tema para marcar a diferença face aos outros partidos. "Gostava que as pessoas pudessem comparar qual a atitute de cada partido em relação à concorrência".

"O CDS tem a coragem para dizer o que outros só abordam timidamente."

Últimas notícias

Mais popular