Portas dançou o vira pelos votos dos agricultores

A "matar o bicho" que rói o estômago pela manhã, com pataniscas, carne "tenrinha, tenrinha" e uma malga de vinha verde, ao som do vira, Paulo Portas começou esta manhã no Minho a campanha oficial.

À porta do parque do Gerês, à mesa de piquenique com autarcas do CDS, tomou um pequeno-almoço original que serviu para jurar a sua fidelidade ao mundo rural.

"Em que outro partido é que seria possível um pequeno almoço assim?"

"Já ninguém tem dúvida sobre a importância que o CDS dá à agricultura, ao estilo de vida do campo e também há ligação forte que existe entre defender a agricultura e sairmos do atoleiro financeiro em que estamos."

Daniel Campelo, o presidente de Ponte de Lima que afastou do partido por causa de ter dado o voto que faltava a António Guterres para aprovar o Orçamento do Estado a troco de investimentos no concelho foi um anfitrião. Mas o episódio do "queijo limiano" é passado.

À provocação dos jornalistas, sobre a falta de queijo à mesa Portas disse que "não se responde de boca queixa", e Campelo que "o queijo não entra no mata-bicho", o nome dado à refeição da manhã.

Um dia depois de ter devolvido a Passos Coelho a pergunta sobre a vontade para fazer um acordo com Sócrates, a que ele respondeu um rotundo não, o líder do CDS recebeu o "ânimo" do presidente de junta social-democrata do Sistelo, Arcos de Valdevez. "Eu não sou desta família politica, mas vim cá por causa da sua exigência com os assuntos da agricultura," disse Durval Gave,

De outros ouviu queixas sobre a burocracia lisboeta que afasta as pessoas do parque - "querem tornar isto numa serra selvagem só para os animais" - e respondeu que as pessoas não podem sair do parque. "Sem os agricultores não há ordenamento, são eles que fazem a ecologia," afirmou.

A acção no Mezio, Arcos de Valdevez, foi uma das mais pitorescas na curta histórica da caravana centrista. Portas dançou o vira com uma minhota, tocou pandeireta e plantou uma árvore, um teixo. "Mais vale uma enxada na mão que as mãos inchadas," ouviu dizerem-lhe.

Últimas notícias

Recomendadas

Contéudo Patrocinado

Mais popular