As questões que ficaram por responder

Os procuradores Vítor Magalhães e Paes de Faria dizem, no despacho final, que gostariam de ter dirigido 28 questões ao primeiro-ministro, José Sócrates, ministro do Ambiente à época do caso

Conhece ou tem alguma relação de parentesco com algum dos arguidos dos autos e, em caso afirmativo, quando os conheceu e em que circunstâncias?

Confirma a recepção, na sua residência, de uma carta que lhe terá sido dirigida pelo arguido Manuel Pedro, tratando-o por "Caro amigo"?

Teve conhecimento da existência da empresa denominada Neurónio Criativo - Publicidade e Marketing, Lda."?

Manteve alguma relação com [essa] empresa, nomeadamente com a manutenção de uma conta de correio electrónico com endereço da mesma e como comenta o teor de um e-mail dirigido ao arguido Charles Smith, com conhecimento a "juliomonteiro@neuroniocriativo.com" e a "josesocrates@neuroniocriativo.com"?

Confirma ter havido um apoio efectivo da família Carvalho Monteiro ao licenciamento do Freeport e, em caso negativo, tem alguma explicação para o envio desta mensagem?

Encontra alguma explicação para o teor das declarações prestadas por Júlio Eduardo Coelho Monteiro, segundo as quais, em Dezembro de 2001, recebeu um contacto telefónico do arguido Charles Smith, referindo que um gabinete de advogados lhe estava a pedir "quatro milhões" para aprovação do projecto Freeport e que, na sequência desse contacto "telefonou ao seu sobrinho e ele, imediatamente, se disponibilizou a receber Charles Smith no seu ministério"?

Recebeu Charles Smith no Ministério do Ambiente e, em caso afirmativo, em que data e qual o objectivo dessa reunião?

Se encontra alguma explicação para o teor das declarações prestadas por Hugo Eduardo Carvalho Monteiro, no sentido de que, ainda antes da apresentação do projecto, foi ter conseguido, a sua casa, na Rua Braamcamp, em Lisboa, perguntando-lhe se não se importava que ele invocasse o seu nome, para prestigiar o projecto, ao que terá respondido afirmativamente?

Se tem conhecimento de algum pedido de dinheiro (3 000 000) pelo PS ao arguido Charles Smith, por ocasião das eleições autárquicas e, em caso afirmativo, se tal pedido foi satisfeito?

Últimas notícias

Mais popular