William e Kate vão viver no campo

Depois de darem o nó, o casal vai ocupar uma moradia rústica, situada perto da base aérea onde o príncipe trabalha, no país de Gales.

Afinal, nem tudo acontece como nos contos de fadas. William e Kate Middleton serão certamente, felizes para sempre, mas não num palácio. Os recém-casados vão iniciar a sua vida a dois no norte de Gales, na ilha de Anglesey, onde William está colocado como piloto de helicópteros da Royal Air Force.

A vida doméstica não será propriamente uma novidade para o par real, uma vez que já partilharam casa quando eram estudantes universitários e, nos últimos seis meses, Kate tem passado bastante tempo em Anglesey. Os namorados instalaram-se provisoriamente numa casa alugada, mas a nova propriedade já está pronta para receber os recém-casados. A casa de dois pisos, ao estilo rústico, tem seis quartos, cinco casas-de-banho, um closet, uma sala de jantar e conta com uma área ajardinada bastante extensa.

Apesar de ter crescido em Chelsea, um dos bairros mais chiques de Londres, Kate parece não ter tido dificuldade em adaptar-se à vida no campo e é vista frequentemente nos supermercados da zona a fazer compras para a casa. Os próximos anos serão passados em Anglesey, longe do bulício da cidade, das lojas das griffes mais exclusivas e da movida londrina.

Quando não estiverem em Gales, William e Kate terão outra casa à sua disposição, na propriedade do príncipe Carlos, em Harewood Park. A propriedade, avaliada em sete milhões e meio de euros, foi completamente restaurada e equipada com tecnologia ecológica. Para além das várias divisões da praxe, tem uma capela, estábulos e jardim de Inverno.

A especulação sobre a futura morada do casal está lançada. William e Kate poderão ter um apartamento em Clarence House, Londres, onde vive actualmente o príncipe Carlos e Camilla Parker-Bowles. Outra das hipóteses é o palácio de Kensington, antiga residência da princesa Diana, mas há quem garanta que a rainha Isabel II propôs ao neto que fosse viver consigo no palácio de Buckingham. Esta última hipótese é pouco provável, uma vez que o príncipe sempre manifestou a vontade de fazer uma vida o mais normal possível depois do casamento. Assim sendo, o palácio de St. James, no centro histórico de Londres, parece ser a aposta mais provável para um futuro, por enquanto, distante.

Últimas notícias

Mais popular