Uganda oferece asilo a Kadhafi

Yoweri Museveni, através de um porta-voz, fez saber que a política do país é dar asilo aos que o procuram

O Uganda acaba de tornar-se hoje o primeiro país a oferecer asilo ao contestado Muammar Kadhafi, depois de o porta-voz do Presidente Yoweri Museveni ter dito que ele é bem-vindo.

Tamale Mirundi, o secretário de imprensa de Museveni, declarou à Associated Press que a política do país é a de oferecer asilo aos que procuram o país.

Mirundi disse que a política existe porque vários ugandenses fugiram do país durante a ditadura de Idi Amin. Museveni, reeleito para a presidência em Fevereiro, está no poder há 25 anos.

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular