Paulo Bento critica marcação do 'clássico'

O selecionador português de futebol, Paulo Bento, criticou esta quarta-feira a Liga de clubes por marcar o Benfica - FC Porto, da 21.ª jornada da Liga, para apenas dois dias depois do jogo particular de Portugal na Polónia.

"O jogo com a Polónia já está marcado há muito tempo pelo calendário FIFA, pelo que quem marcou esse jogo para essa data é que tem responsabilidade. A Federação Portuguesa de Futebol [FPF] não tem nenhuma", afirmou, à margem de uma palestra em que participou na Escola Secundária da Póvoa de Lanhoso.

Segundo Paulo Bento, "como é óbvio, é a Liga de clubes que tem responsabilidade".

"O grande problema é que isso acaba por condicionar quer os treinadores dos clubes quer o selecionador. [Mas] No dia 24 [de fevereiro] vou convocar os jogadores que tenho que convocar. Quanto à sua utilização, conforme fizemos noutras alturas, saberemos como o devemos fazer. Espero ter todos os jogadores disponíveis dia 26 à noite e dia 27 e, depois, poder ser eu a geri-los", disse ainda.

Paulo Bento notou que, independentemente de ser na Polónia, este seria sempre um jogo que tinha de se realizar porque "é o último antes da convocatória" para o Euro2012, que começa em junho na Ucrânia e na Polónia, e garantiu que não será essa partida que "vai ter interferência na decisão ou discussão do campeonato nacional".

"Acho é que as pessoas devem ter o bom senso para saber que dois dias depois de um jogo da seleção nacional não deveria haver um jogo do campeonato nacional. Sabemos que nas primeiras cinco jornadas não há jogos entre os 'grandes', há um conjunto de condicionalismos na realização do calendário e poderia ser introduzido também que, depois dos compromissos da seleção, não existissem jogos entre 'grandes'", defendeu.

O selecionador nacional lembrou ainda que entre 27 de fevereiro e 02 de março, dois dias antes e dois dias depois do Polónia- Portugal, "não há campeonatos que realizem jogos, só o português".

"Pergunto: são todos os outros que estão errados ou nós é que estamos certos?", questionou.

Paulo Bento considerou ainda "natural que os clubes defendam os seus interesses", assim como frisou que a FPF tem por objetivo defender os jogadores e o interesse das seleção e dos clubes.

"Temos uma preocupação enorme com a gestão dos jogadores, sabemos quem são os que jogam mais, sabemos e respeitamos os tempos de recuperação entre cada jogo e temos esse cuidado quando os jogadores estão ao nosso serviço para que nada de mal lhes possamos fazer para regressarem aos clubes nas melhores condições", disse.

Paulo Bento lamentou a grave lesão de Danny, que o vai impossibilitar de estar presente no Euro2012, e sobre a sua continuidade na FPF respondeu: "A seu tempo se saberá, as coisas vão decorrer os trâmites normais e depois se saberá qual a decisão".

Últimas notícias

Mais popular