Ministro assegura que acordo com 'troika' não coloca em causa investimentos na agricultura

O ministro da Agricultura, António Serrano, assegurou hoje que as medidas que constam no acordo alcançado entre o Governo e a 'troika' não colocam em causa o programa de investimentos previsto para o setor agrícola.

"Este acordo não coloca em causa rigorosamente nada para o setor da agricultura. O programa de investimentos continua a ser implementado", garantiu.

António Serrano falava aos jornalistas em Beja, à margem de uma visita à 28.ª edição da Ovibeja, que decorre naquela cidade alentejana até domingo, onde acompanhou o primeiro-ministro, José Sócrates.

"Estamos com 32 por cento de execução (programa de investimentos). É prioritário o aproveitamento dos fundos comunitários, não podemos correr o risco de devolver fundos comunitários tão necessários nesta fase em que nos encontramos para ajudar a modernização das empresas agrícolas", sublinhou.

António Serrano reforçou ainda que o acordo que está celebrado entre o Governo e a 'troika' garante a Portugal "condições para executar" as obras que possuem apoios comunitários, com as "contrapartidas nacionais que têm que estar orçamentadas".

A Associação de Criadores de Ovinos do Sul (ACOS) garante que a Ovibeja continua "imune à crise", com "mais de mil expositores" presentes.

A feira prolonga-se até domingo. Colóquios, concursos de gado, espetáculos musicais, corrida de touros, comércio de produtos tradicionais, gastronomia, desporto e artesanato são algumas das atrações do certame.

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular