Roquette diz ser insuspeito no caso BPN

Empresário assegura que a sua relação com o BPN se limitou à venda de uma empresa onde estava Dias Loureiro.

O empresário e ex-presidente do Sporting José Roquette assegurou ontem que "não existe rigorosamente nada" que o possa envolver no caso BPN.

Em entrevista ao principal noticiário da TVI, na sequência de uma operação de busca, em instalações suas, de documentos relacionados com a venda da empresa Plêiade - envolvendo Dias Loureiro - à SLN, José Roquette considerou "extraordinário ser posta como hipótese" a possibilidade de vir a ser constituído como arguido no processo BPN.

"Não tem nenhum sentido", até porque as referidas buscas se deveram ao facto de a Plêiade estar instalada na sede das suas empresas, sublinhou Roquette.

O empresário adiantou que a venda da Plêiade à SLN foi "um negócio razoável".

Últimas notícias

Da depressão profunda ao ouro aos 35 anos, da batalha contra o cancro à luta pelas medalhas. Os Jogos Olímpicos são assim, férteis em histórias de superação. Não há momento nem lugar tão inspiradores para um atleta desafiar as suas próprias capacidades. Alguns ultrapassam infâncias atribuladas antes de encontrarem a glória olímpica, mostrando o quão democrático pode ser o desporto. O DN conta-lhe as histórias de Ervin, Isaquias, Santiago, Sakshi e Asuka, cinco exemplos de vida que brilharam nas margens do Rio. paulo paulos

Partilhar

Conteúdo Patrocinado

Mais popular