Relatório BPN debatido em plenário a 9 de Julho

Os deputados vão debater e vota a 9 de Julho o relatório final da comissão de inquérito ao caso BPN. Sónia Sanfona a relatora do PS na comissão parlamentar de inquérito ao caso BPN aceitou incorporar no documento final 16 propostas de conclusões do PCP e cinco recomendações do PSD, mas no final só o PS aprovou o relatório

  
O consenso terminou ao fim de seis messe de intensos trabalhos numa comissão parlamentar de inquérito que todos consideraram prestigiar o Parlamento. O PS votou, na última reunião da comissão, o relatório depois de a oposição considerar que mesmo com alterações este continuava “ a branquear a questão da supervisão por parte do Banco de Portugal” e a não explicar com rigor os fundamentos da nacionalização. A deputada socialista Sónia Sanfona explicou aos deputados que incluiu apenas 16 das propostas que o PCP entregou e cinco propostas, apenas de alteração legislativa, do PSD, ficando de fora as que foram entregues pelos restantes grupos parlamentares.

O aditamento foi realizado durante a pausa da reunião da Comissão Parlamentar de Inquérito à Nacionalização ao BPN e Supervisão Inerente, com a deputada responsável pelo relatório a considerar que o documento final reflecte agora “rigorosamente aquilo que foi o trabalho da Comissão e o que conseguiu apurar”. Para Sanfona “as  alterações, com as novas incorporações, as conclusões estão mais claras e reflectem rigorosamente aquilo que foi o trabalho da Comissão e o que a Comissão conseguiu apurar. Para ela, os factos mais importantes “estão profusamente relatados na parte expositiva do relatório e são, no meu ponto de vista, o mais importante do que a Comissão apurou.

Últimas notícias

Recomendadas

Contéudo Patrocinado

Mais popular