Prémio FIFA 2008: "Prémio para todos os portugueses", Cristiano Ronaldo

O internacional português Cristiano Ronaldo, hoje eleito o melhor futebolista de 2008 pela FIFA, afirmou ser este um "prémio para todos os portugueses".

"É um prémio para todos os portugueses. Sem eles não teria estado motivado nos jogos. O troféu também é deles", disse Cristiano Ronaldo, o segundo português a conseguir o galardão, depois de Luís Figo, também ele formado no Sporting, em 2001.

Cristiano Ronaldo tinha já vencido este ano a Bola de Ouro e a Bota de Ouro, além da Liga dos Campeões, o Mundial de Clubes e a Liga inglesa.

"Ser considerado o número um é um grande momento de felicidade. Já pretendia este prémio há alguns anos. É um momento único", revelou.

O futebolista do Manchester United, que tinha sido terceiro na eleição de 2007, agradeceu à família e enalteceu também o "papel dos colegas", tanto do clube inglês, como da selecção nacional.

"Quero também agradecer aos meus amigos, ao meu presidente e ao treinador Alex Ferguson", frisou.

Formado no Sporting, Cristiano Ronaldo disse nunca ter imaginado conquistar o prémio quando, em 1997, trocou a ilha da Madeira por uma aventura de "leão" ao peito.

"Quem me conhecia sabia que eu tinha esta ambição. Mas quando cheguei ao Sporting, não imaginava tudo isto. Consegui, graças a Deus e ao meu trabalho. Quero estar aqui mais vezes", disse.

O avançado, que apontou 35 golos em 2008, lamentou não ter tempo para festejar em família, já que viaja ainda hoje para Manchester, onde quarta-feira o United recebe o Wigan.

"Tenho de apanhar o avião. Há um jogo importante quarta-feira e queremos ficar em primeiro lugar, para não sair mais de lá. Vou jantar em pleno voo. Gostava de estar com a minha família, mas não posso. É assim a vida. Não há problema", concluiu.

Últimas notícias

Recomendadas

Contéudo Patrocinado

Mais popular