Bola de Ouro - Queiroz diz que Cristiano é justo vencedor e espera que sirva de estimulo a jovens jogadores

O seleccionador nacional de futebol, Carlos Queiroz, classificou hoje como inteiramente justa a conquista da Bola de Ouro por Cristiano Ronaldo e espera que o troféu sirva de estímulo para os jovens jogadores portugueses.

A “Bola de Ouro” é atribuída pela revista France Football e distingue anualmente o melhor jogador do Mundo.

“Quero, em primeiro lugar, dar os parabéns ao Cristiano e realçar a justiça desta distinção. O Cristiano trabalhou muito e bem para a merecer inteiramente. Como responsável pelo treino e pela preparação dele no Manchester United, estou pessoalmente orgulhoso e muito feliz por ele ter alcançado este galardão, que era um sonho e uma ambição que ele tinha”, afirmou Carlos Queiroz ao site fpf.pt.

O antigo treinador de Ronaldo no clube inglês disse ainda esperar que o prémio “possa servir de estímulo para os jovens jogadores portugueses, que vendo o exemplo de trabalho e dedicação do Cristiano Ronaldo possam tentar chegar ao seu nível.”

“Espero que este prémio simbolize uma carreira cheia de êxitos pessoais e colectivos. A Bola de Ouro representa, também, um desafio para que ele continue a esforçar-se tal como até aqui para se manter no topo e progredir ainda mais”, conclui o seleccionador nacional, que se encontra fora de Portugal.

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular