Sindicatos recusam prazos propostos para precários

Proposta de diploma apenas inclui no programa de regularização dos trabalhadores que estão no serviço há mais de três anos.

Os sindicatos da função pública não aceitam que o processo de integração dos trabalhadores precários do Estado se limite a quem tem pelo menos três anos de serviço, conforme prevê o esboço da proposta de lei que vai enquadrar este processo de vinculação. E defendem que o que deve ser destacado e tido em conta é se o trabalhador está efetivamente a desempenhar uma função que corresponde a uma necessidade permanente do serviço.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Relacionadas

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular

Pub
Pub