Sérgio Monteiro mantém vínculo à CGD. Por isso mantém salário

Ex-secretário de Estado dos Transportes ganhará 30 mil euros por mês

O Banco de Portugal justifica hoje, em comunicado, que Sérgio Monteiro, chamado para vender o Novo Banco, mantém o seu vínculo à Caixa Banco de Investimento, SA e, por isso, o seu rendimento mantém-se igual. De acordo com o jornal Público, são 30 mil euros por mês.

"Sérgio Monteiro mantém o vínculo à sua entidade laboral, o Caixa - Banco de Investimento, SA, integrante do Grupo Caixa Geral de Depósitos", afirma o Banco de Portugal em comunicado enviado às redações, acrescentado que o contrato terá a duração de doze meses, e "prevê que o Dr. Sérgio Monteiro tenha direito a uma remuneração igual à que auferia na Caixa - Banco de Investimento, SA antes de desempenhar as funções de Secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações".

O regulador acrescenta que estes "valores podem ser consultados nas declarações de rendimento do Dr. Sérgio Monteiro que foram depositadas no Tribunal Constitucional, desde 2011, respondendo aos requisitos do desempenho de cargos governativos".

O comunicado acontece no dia em que o Público refere que Sérgio Monteiro terá um vencimento de 30 mil euros mensais, precisamente, o valor que recebida no banco de investimento da Caixa Geral de Depósitos.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular