Novo Banco. Riscos e indefinição nas obrigações leva Moody"s a prolongar revisão

Se futura troca de obrigações do Novo Banco falhar objetivos é "muito provável" que Fundo de Resolução avance para resolução ou liquidação de ex-BES

A Moody"s anunciou esta segunda-feira ter prolongado o período para a reavaliação em baixa do rating do Novo Banco, reavaliação iniciada já em abril. A culpa do adiamento reside no facto da venda do ex-BES ao Lone Star exigir a imposição de perdas de pelo menos 500 milhões de euros aos obrigacionistas do banco. Uma operação denominada de liability management exercise, ou LME, cujos contornos continuam por ser explicados.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Relacionadas

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular

  • no dn.pt
  • Dinheiro
Pub
Pub