Europa dá nota de 35% a Portugal por falta de reformas estruturais

Instituição de Mario Draghi diz que este atraso é "surpreendente" no caso de Portugal e Croácia já que os países prometeram uma "agenda de reformas ambiciosa".

Portugal e Croácia estão a ser censurados pelo Banco Central Europeu (BCE) porque fizeram progressos "insuficientes" no cumprimento das recomendações específicas de reformas estruturais em 2016.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular

Pub
Pub