Empresas portuguesas no Brasil querem sobrevivência de Temer

Instabilidade política e adiamento das reformas são os maiores temores dos empresários. Há menos 289 empresas portuguesas a exportar para o Brasil

A enésima crise política no Brasil, deflagrada há um mês após a revelação de gravações comprometedoras que podem levar à queda de Michel Temer, desassossegou as empresas portuguesas, que torcem por estabilidade política e pela concretização rápida das reformas que o atual presidente pretende realizar.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular