"EDP é obviamente uma empresa do regime, como foi o BES"

Mira Amaral foi quem mais alertou para as rendas pagas à EDP. Mas depois do 'engenho' de Mexia sobre Passos, ficou mais difícil resolver o problema

Mira Amaral sempre alertou para o nível excessivo de rendas que o Estado paga à EDP. "Rendas" que não são mais que a simplificação de uma sigla quase indecifrável: CMEC, ou custos para a manutenção do equilíbrio contratual.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Relacionadas

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular

  • no dn.pt
  • Dinheiro
Pub
Pub