Godinho garante que o clube não está envolvido no "caso Cristóvão"

Mesa da AG do clube reuniu com o presidente e saiu traquilizada.

Duas horas chegaram para Godinho Lopes tranquilizar a Mesa da Assembleia do clube. O líder leonino assegurou ao líder da Assembleia Geral (AG) em funções, Daniel Sampaio, na ausência de Eduardo Barroso, que não há ligações do clube a Paulo Pereira Cristóvão, no caso que envolve o ex-vice presidente e a Justiça. o Ex-inspetor da PJ formalizou entretanto a renúncia ao cargo de vice-presidente junta da Mesa da AG.

"Como primeiro ponto, esclarecemos se Rogério Alves é advogado do Sporting no processo em curso com Paulo Pereira Cristóvão, e não é. E esclarecemos se há ligação entre o Sporting e qualquer empresa de Paulo Pereira Cristóvão, e não há. As dúvidas foram suscitadas pelo sócios", referiu Daniel Sampaio, após a reunião, em Alvalade.

No entanto, no entender da Mesa, há "efeitos nefastos" do caso para o Sporting. "Não é um assunto bom para o Sporting, mas podemos minorar os eventuais aspectos negativos. A demissão, entretanto, já foi formalizada. Neste momento não é vice-presidente do Sporting e isso é que é o mais importante", disse.

Quanto ao cenário de eleições antecipadas Daniel Sampaio rejeita-o totalmente: "A nossa posição desde o primeiro dia é trabalhar com esta direcção. Eleições antecipadas? Seria mau para o Sporting, nesta fase."

Últimas notícias

Mais popular