Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Vitória-Sporting (0-0)

Leões falham assalto ao Castelo e à liderança

por João Ruela  

Leões falham assalto ao Castelo e à liderança
Fotografia © Global Imagens

Nenhum dos "grandes" conseguiu vencer na primeira jornada. Sporting foi superior ao Vitória, mas não conseguiu bater o guarda-redes Douglas. Leões não lideram isolados desde 2005.

Quatro candidatos ao título, quatro pontos divididos entre eles, zero vitórias. O Sporting "juntou-se" a Benfica, Sporting de Braga e FC Porto e não conseguiu vencer na estreia no campeonato, tendo empatado a zero este domingo, frente ao Vitória, em Guimarães. Os leões poderiam ter ganhado vantagem pontual sobre todos os 'concorrentes' ao título pela primeira vez desde janeiro de 2005, mas continuam sem chegar sozinhos ao topo da tabela.

Em Guimarães, o Sporting até apresentou significativas melhorias no seu futebol relativamente à época passada, mas as melhores ocasiões de golo criadas pelos leões esbarraram nas mãos de Douglas, guarda-redes dos vimaranenses, que não deixou os adeptos do Vitória sentirem saudades de Nilson. André Carrillo travou um interessantíssimo duelo com o brasileiro durante a primeira parte, mas em três grandes ocasiões para marcar (7', 19' e 23') foi sempre ineficaz.

O Vitória de Guimarães, com um plantel rejuvenescido e que conta com vários jovens - André André, Barrientos e Ricardo - cujo talento poderá ser merecedor de muitas atenções esta temporada, nunca conseguiu impor-se ao dinâmico e forte meio-campo (Elias, Gelson e Adrien) do Sporting durante a primeira parte, mas tudo mudou no segundo tempo, depois de Ricardo Sá Pinto ter deixado Adrien nos balneários - por aparente opção tática - e ter lançado André Martins em campo.

O Sporting até entrou bem na segunda parte e Ricky van Wolfswinkel viu um golo ser-lhe (bem) invalidado por fora-de-jogo, mas com o passar do tempo o Vitória conseguiu rivalizar com o meio-campo dos leões - órfãos de Adrien - e repôs o equilíbrio na partida. Rui Patrício somou algumas defesas, mas foi sempre o Sporting a construir as melhores ocasiões para marcar, embora todas elas acompanhadas de ineficácia na hora de finalizar.

"Fomos superiores em tudo, em manutenção da posse de bola, em remates, cantos e número de oportunidades. Faltou-nos finalizar as oportunidades que criámos", sintetizou Sá Pinto, no final da partida, não tendo nada mais a "apontar à equipa, a não ser no capítulo da finalização." E, surpreendentemente, depois da primeira jornada - quando ainda falta disputar a partida entre Beira-Mar e Académica - Olhanense e Marítimo lideram o campeonato.


Ler Artigo Completo(Pág.1/11) Página seguinte
Patrocínio
 
8458Visualizações
1 Impressão
16Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
Comentar

Se tem conta, faça Login

Email

Password



23ª Jornada

Ver todos os Vídeos

23ª Jornada

V. Guimarães - Marítimo

1-0

Nacional - V. Setúbal

0-0

Gil Vicente - Boavista

0-0

Benfica - Estoril

0-0

Rio Ave - Sp. Braga

 - 

Penafiel - Moreirense

 - 

Académica - Arouca

 - 

FC Porto - Sporting

 - 

Belenenses - P. Ferreira

 - 

23ª Jornada

V. Guimarães - Marítimo

27/02 20h30

Nacional - V. Setúbal

28/02 16h00

Gil Vicente - Boavista

28/02 16h00

Benfica - Estoril

28/02 17h00

Rio Ave - Sp. Braga

28/02 20h30

Penafiel - Moreirense

01/03 16h00

Académica - Arouca

01/03 16h00

FC Porto - Sporting

01/03 19h15

Belenenses - P. Ferreira

02/03 20h00

23ª Jornada

1 - Benfica

56

2 - FC Porto

52

3 - Sporting

47

4 - Sp. Braga

43

5 - V. Guimarães

40

6 - Belenenses

34

7 - P. Ferreira

30

8 - Rio Ave

29

9 - Nacional

28

10 - Marítimo

27

11 - Moreirense

25

12 - Estoril

25

13 - Boavista

21

14 - Arouca

19

15 - V. Setúbal

19

16 - Académica

18

17 - Gil Vicente

17

18 - Penafiel

16

1.º - JACKSON MARTÍNEZ (FC Porto)

15 golos

2.º - FREDY MONTERO (Sporting)

13 golos

3.º - DERLEY (Marítimo)

12 golos

4.º - LIMA (Benfica)

11 golos

5.º - RAFAEL MARTINS (V. Setúbal)

10 golos

6.º - BEBÉ (Paços de Ferreira), HELDON (Marítimo), RODRIGO (Benfica), EVANDRO (Estoril)

9 golos

mais

PUB
NOS ConferênciaPrémioInovaçãoNOS - DN Destaque

Especiais

Recuar
Avançar
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - DN Destaque
Btn EdMultimedia - Geral
Epaper



PUBLICIDADE




DN

Epaper

Epaper