Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Sporting

Godinho Lopes nega envolvimento no caso Cardinal

por Lusa  

Godinho Lopes
Godinho Lopes Fotografia © Nuno Pinto Fernandes / Global Imagens

Godinho Lopes garantiu que o Sporting não tem qualquer envolvimento no caso Cardinal e diz-se completamente convencido da inocência do vice-presidente Paulo Cristóvão, que foi constituído arguido no âmbito do processo de inquérito instaurado pelo Ministério Público.

"Depositamos confiança em Paulo Cristóvão e acreditamos na sua inocência. É um companheiro que nos seguiu durante todos estes meses no Sporting, que ajudou imenso em variadíssimas frentes com resultados visíveis, e que merece todo o nosso respeito", disse Godinho Lopes, numa entrevista à Lusa, sobre o caso que está a abalar o futebol português.

O presidente "leonino" enfatizou o facto de Paulo Cristóvão ser "apenas arguido", o que significa que "irá ser julgado, se entretanto o processo não for arquivado, e que só depois do julgamento haverá uma decisão do tribunal", que promete respeitar, seja ela qual for.

De resto, Godinho Lopes esclareceu que o Sporting entende, de forma veemente, que "a justiça deve ir até ao fim" e assumiu que foi ele próprio a desencadear o processo, ao receber uma carta anónima, que entregou ao presidente da FPF, Fernando Gomes.

"Entregaram um envelope no pavilhão multi-desportivo que me era endereçado e que, após a sua abertura, se verificou que tinha uma carta e um talão de depósito bancário, elementos que entreguei de imediato ao doutor Fernando Gomes", contou Godinho Lopes, esclarecendo que ambos "concordaram de imediato que o documento teria de ser entregue, por um deles, para ser analisado pela Polícia Judiciária (PJ)", o que viria a ser feito pelo presidente federativo, que assumiu essa iniciativa.

Godinho Lopes repisou, salientando que falava "em nome não apenas do Conselho Diretivo, mas de todos os órgãos sociais", que o Sporting "está completamente de acordo de que tudo seja escalpelizado e levado até ao fim", de modo a que "o seu nome, que nunca foi manchado nem esteve alguma vez envolvido em casos de arbitragem, seja limpo".


Ler Artigo Completo(Pág.1/3) Página seguinte
Patrocínio
 
5434Visualizações
10Impressões
118Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
RELACIONADO
 
Comentar

Se tem conta, faça Login

Email

Password



Ver todos os Vídeos

1.º - JACKSON MARTÍNEZ (FC Porto)

15 golos

2.º - FREDY MONTERO (Sporting)

13 golos

3.º - DERLEY (Marítimo)

12 golos

4.º - LIMA (Benfica)

11 golos

5.º - RAFAEL MARTINS (V. Setúbal)

10 golos

6.º - BEBÉ (Paços de Ferreira), HELDON (Marítimo), RODRIGO (Benfica), EVANDRO (Estoril)

9 golos

mais

PUB
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - DN Destaque

Especiais

Recuar
Avançar
TSF Superbrand - DN destaque
BT Edições Multimédia
Epaper



PUBLICIDADE




DN

Epaper

Epaper