Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


FC Porto-Feirense, 2-0

James Rodríguez liderou o regresso ao topo da Liga

por João Ruela  

James Rodríguez liderou o regresso ao topo da Liga

Extremo colombiano 'saltou' do banco para fazer uma assistência e um golo, apontado por Maicon. O "Incrível" Paulo Lopes defendeu um penálti de Hulk e deixa o Dragão com uma magnífica exibição.

O FC Porto regressou à liderança da Liga portuguesa, em igualdade pontual com o Benfica mas com melhor diferença de golos, depois de ter vencido o Feirense, no estádio do Dragão, por 2-0, em jogo da 20.ª jornada da competição.

Peiser é o nome do guarda redes que, em Coimbra, levou os adeptos do Benfica ao desespero e os do FC Porto à euforia. Paulo Lopes é o nome do guarda redes que, por pouco, não inverteu os papéis este domingo. O guadião do Feirense fez uma exibição de sonho no estádio do Dragão, onde defendeu praticamente tudo o que havia de defender - inclusive um penálti de Hulk.

O herói da partida foi, no entanto, James Rodríguez. Talvez por estar a pensar no clássico e na longa viagem 'relâmpago' do colombiano à seleção, ou por mera e habitual (e, também, incompreensível para os adeptos do FC Porto) opção tática, Vítor Pereira voltou a deixar James no banco de suplentes. Aos 30 minutos de jogo, no entanto, Varela terá apresentado queixas musculares e foi substituído pelo colombiano. E a entrada de James, como tantas vezes já aconteceu este ano no Dragão, voltou a transfigurar o FC Porto, que até ao momento da substituição ainda não tinha sequer feito sequer um remate enquadrado com a baliza do Feirense.

Depois de uma primeira parte onde o FC Porto até criou boas ocasiões para marcar mas esteve longe de fazer um bom jogo, a segunda parte dos dragões foi demolidora e encostou o Feirense ao último terço do terreno. Paulo Lopes, no entanto, mostrava-se intransponível e fez uma série de defesas "impossíveis". E Janko que o diga: o ponta de lança austríaco voltou a desperdiçar várias boas ocasiões para marcar, mas desta vez a diferença é que não marcou o golo da 'ordem'.

O minuto 57 deu origem a um lance que parecia estar destinado a acabar com o jogo: Janko foi derrubado por Luciano na grande área, o brasileiro foi expulso e Hulk dispôs de um penálti. Mas o Incrível foi Paulo lopes e defendeu. Os dragões, no entanto, acabaram por marcar, após nove (!) defesas do guarda redes português. James bateu um pontapé livre, Maicon foi às alturas cabecear e meteu a bola no fundo da baliza (68'). Lucho, um minuto depois, deixou a baliza a abanar com um remate à trave, mas os dragões acabaram com o jogo logo a seguir, com James Rodríguez a finalizar um passe de 'El Comandante'.


Ler Artigo Completo(Pág.1/12) Página seguinte
Patrocínio
 
6142Visualizações
5Impressões
85Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
RELACIONADO
 

03ª jornada

V. Setúbal - Rio Ave

2-2

FC Porto - Estoril

2-0

Benfica - Moreirense

3-2

Tondela - Nacional

1-0

P. Ferreira - Arouca

1-1

Braga - Boavista

4-0

Académica - Sporting

1-3

Belenenses - Marítimo

-

U. Madeira - V. Guimarães

-

04ª jornada

Arouca - FC Porto

13/09 00:00

Boavista - P. Ferreira

13/09 00:00

V. Guimarães - Tondela

13/09 00:00

Marítimo - V. Setúbal

13/09 00:00

Moreirense - U. Madeira

13/09 00:00

Rio Ave - Sporting

13/09 00:00

Benfica - Belenenses

13/09 00:00

Estoril - Braga

13/09 00:00

Nacional - Académica

13/09 00:00

1 - FC Porto

7

2 - Sporting

7

3 - Arouca

7

4 - Benfica

6

5 - Braga

6

6 - V. Setúbal

5

7 - Rio Ave

5

8 - P. Ferreira

5

9 - Boavista

4

10 - U. Madeira

3

11 - Nacional

3

12 - Tondela

3

13 - Estoril

3

14 - Belenenses

2

15 - Marítimo

1

16 - V. Guimarães

1

17 - Moreirense

0

18 - Académica

0

1.º - JACKSON MARTÍNEZ (FC Porto)

15 golos

2.º - FREDY MONTERO (Sporting)

13 golos

3.º - DERLEY (Marítimo)

12 golos

4.º - LIMA (Benfica)

11 golos

5.º - RAFAEL MARTINS (V. Setúbal)

10 golos

6.º - BEBÉ (Paços de Ferreira), HELDON (Marítimo), RODRIGO (Benfica), EVANDRO (Estoril)

9 golos

mais

PUB


Continente UVA D'OURO 2015 DN 300x100
Btn EdMultimedia - Geral



PUBLICIDADE




DN

Epaper

Epaper