Comité internacional suspende Luís Gonçalves por dois anos

O atleta dos 400 metros T2 (para deficientes visuais) foi suspenso pelo Comité Internacional Paralímpico devido ao uso de substâncias dopantes.

O Comité Internacional Paralímpico (IPC) suspendeu Luís Gonçalves por dois anos, tendo o atleta acusado uma substância dopante num controlo realizado no Campeonato Europeu de Atletismo IPC 2012, informou esta sexta-feira o Comité Paralímpico de Portugal.

Em meados de julho, Luís Gonçalves foi afastado da seleção portuguesa para os Jogos Paralímpicos Londres2012, depois de lhe ter sido detetada Methylhexaneamine, presente no suplemento alimentar Lipo 6 Black - Nutrex.

O atleta, a quem foi aplicada pelo IPC também uma multa de 1.500 euros, declarou ter ingerido o suplemento sem se aperceber de que o produto continha a substância proibida.

Nos Jogos de Pequim em 2008, Luís Gonçalves foi vice-campeão nos 400 metros T2 (deficiência visual)

Últimas notícias

Mais popular