Bandeira olímpica já está no Brasil

A bandeira olímpica já chegou ao Rio de Janeiro e tornou oficialmente aquela cidade brasileira como a anfitriã dos Jogos Olímpicos de 2016.

Depois de ter recebido a bandeira no domingo das mãos do presidente da Câmara de Londres, Boris Johnson, e do presidente do Comité Olímpico Internacional (COI), o edil do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, foi o primeiro a pisar solo brasileiro com o símbolo.

Acompanhado pelo presidente do Comité de Organização local, Carlos Arthur Nuzman, e do governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, Paes oficializou a "cidade maravilhosa" como organizadora dos Jogos de 2016.

A bandeira olímpica viaja na terça-feira para Brasília, onde Paes se vai encontrar com a presidente do Brasil, Dilma Rousseff.

Na quarta-feira, a bandeira volta à cidade-sede e inicia uma volta por algumas áreas do Rio de Janeiro, começando pelo Complexo do Alemão, união de 13 favelas recentemente pacificadas pela polícia.

Depois, a bandeira será apresentada com honras militares na Praça do Canhão, no Realengo, onde, em abril do ano passado, um ex-aluno da escola Tasso da Silveira invadiu a instituição e disparou contra os estudantes, matando 12 pessoas e ferindo outras 12.

Por fim, o símbolo dos Jogos Olímpicos será apresentado no Palácio da Cidade, uma das sedes da Prefeitura do Rio de Janeiro, onde ficará exposto até à conclusão das obras do Pavilhão Olímpico.

A chegada da comitiva brasileira, na qual vinham também alguns atletas que representaram o país em Londres2012, teve de enfrentar uma manifestação no Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão).

Cerca de dez manifestantes reclamavam contra a saída de moradores da Vila Autódromo, na zona oeste da cidade.

As casas que rodeiam o antigo autódromo foram construídas de forma ilegal num terreno que pertence à prefeitura e terão de ser removidas para a construção do Parque Olímpico.

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular