Fernando Santos é um dos três finalistas do prémio de Treinador do Ano

O vencedor será decidido com os votos dos capitães e treinadores das seleções, dos jornalistas e dos adeptos e será revelado a 9 de janeiro

Fernando Santos é um dos três finalistas do prémio de Treinador do Ano da FIFA. O italiano Claudio Ranieri, que levou o Leicester à vitória na Premier League, e Zinedine Zidane, que venceu a Liga dos Campeões com o Real, são os outros dois.

"Os três nomeados para o Prémio da FIFA de Melhor Treinador de equipas masculinas foram revelados, com as duas histórias de contos de fadas de 2016 representadas e um treinador principiante na lista final", escreve a FIFA.

Uma das histórias de conto de fadas é a do outsider Leicester, que Ranieri levou à vitória num campeonato de 38 jogos, um feito que era considerado praticamente impossível no início da temporada, como mostravam as probabilidade nas casas de apostas, que chegaram aos 5000 para 1.

Fernando Santos foi outro "campeão improvável", ao levar a seleção portuguesa à vitória depois de uma fase de grupos difícil, conseguindo roubar o título numa final contra a equipa da casa, a França.

O relativamente inexperiente treinador Zidane, que substituiu Benitez em janeiro, levou o Real à vitória da Liga dos Campeões.

O vencedor será decidido com os votos dos capitães e treinadores das seleções, de jornalistas e dos adeptos (que podem votar no site da FIFA) e será revelado a 9 de janeiro.

O único treinador português a vencer este prémio foi José Mourinho, em 2010. Depois dele os vencedores foram Pep Guardiola (2011), Vicente del Bosque (2012) Jupp Henckes (2013), Joachim Low (2014) e Luis Enrique (2015).

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular