Ex-internacional italiano acusado de homicídio por negligência

Stefano Fiore, ex-futebolista transalpino, vai ser julgado por ter provocado um acidente, no domingo de Páscoa, que provocou a morte de um homem de 22 anos.

Stefano Fiore, antigo futebolista internacional italiano, voltou esta semana ao radar mediático pelas piores razões. O jogador, que se celebrizou nas décadas de 1990 e 2000 (tendo ganho duas Taças UEFA ao serviço do emblema parmesão), foi acusado de homicídio por negligência, por ter provocado um acidente em cadeia, que causou a morte de um homem de 22 anos.

Segundo a imprensa italiana, tudo aconteceu no passado de domingo: Fiore, que seguia na companhia da mulher e das filhas, foi obrigado a uma travagem brusca e, devido à curta distância de segurança que respeitou para com o carro da frente, originou um choque em cadeia, do qual resultou um morto e 12 feridos, três deles com gravidade.

Apontado como principal responsável pelo incidente, Stefano Fiore, de 42 anos, terá de responder em tribunal. No entanto, o jogador - finalista vencido do Euro 2000, ao serviço da Itália - ainda não foi ouvido pelas autoridades, por se encontrar em estado de choque. Os testes realizados no local já permitiram, contudo, afastar a possibilidade de o ex-jogador estar a conduzir com uma taxa de álcool no sangue acima da permitida por lei.

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular

Pub
Pub