Cristiano Ronaldo bisou pela 30ª vez na prova milionária

A estrela do Real Madrid decisivo na vitória frente ao APOEL. Paulo Fonseca entra a ganhar e Leonardo Jardim empatou

Aí está Cristiano Ronaldo. Um mês depois de ter jogado pela última vez pelo Real Madrid - em Barcelona para a Supertaça - marcou dois golos da vitória da sua equipa, por 3-0, frente aos cipriotas do APOEL Nicosia. O resultado da noite do Santiago Bernabéu não traz nada de surpreendente, até pela diferença de qualidade entre as duas equipas, mas ficou marcada pelo 30.º bis de CR7 na Liga dos Campeões, algo que nenhum jogador conseguiu. Primeiro jogo, primeiro recorde, pode dizer-se.

Os merengues confirmaram a apetência para vencer sempre na 1.ª jornada da Champions, já vão onze, contou ainda com Sérgio Ramos que fechou o triunfo diante dos cipriotas, que contaram com o português Nuno Morais no onze.

Ainda no grupo H, em Londres, o Tottenham superou o Borussia Dortmund com um claro 3-1. Um jogo que começou a todo o gás, com o coreano Heung-Min Son a abrir o marcador aos 15 minutos. Contudo, Yarmolenko empatou logo de seguida para os alemães, mas aos 15 minutos os ingleses voltaram a passar para a frente no marcador com um golo de Harry Kane, que havia de bisar no segundo tempo.

Quanto aos outros portugueses nesta primeira jornada da Champions, destaque para o Shakhtar Donetsk, treinado por Paulo Fonseca, que recebeu e venceu o Nápoles por 2-1. Taison e Ferreyra colocaram os ucranianos a vencer, tendo Milik reduzido para os italianos na transformação de um penálti. O Shakhtar reparte a liderança do grupo F com o Manchester City após vencer o Feyenoord por 4-0, o que representa o triunfo mais gordo da sua história nesta prova. O central John Stones bisou, tendo Agüero e Gabriel Jesus completado a goleada para o City que teve Bernardo Silva como titular e Ederson a jogar com um capacete de proteção.

Tantos golos só há 17 anos

No grupo G, do FC Porto, o Mónaco de Leonardo Jardim foi à Alemanha apadrinhar a estreia do Leipzig na Champions, tendo conseguido obter um precioso empate 1-1. A equipa da casa até esteve em vantagem com um golo de Forsberg, mas no minuto seguinte Tielemans obteve o empate para a equipa do Principado, que contou com João Moutinho no onze.

No grupo E, o Liverpool foi a única equipa inglesa que não venceu na ronda inaugural, tendo cedido um empate 2-2 frente ao Sevilha (Daniel Carriço não saiu do banco). Os espanhóis adiantaram-se no marcador por Ben Yedder, mas Roberto Firmino e Salah deram a volta ao resultado ainda na primeira parte, período durante o qual o avançado brasileiro falhou o terceiro golo dos reds. No segundo tempo, Correa marcou e os andaluzes somaram um ponto, num grupo em que está tudo empatado, pois o Maribor-Spartak Moscovo ficou 1-1.

Nesta 1.ª jornada da Champions marcaram-se 54 golos... só em 2000/01 marcaram mais (63).

Relacionadas

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular

  • no dn.pt
  • Desporto
Pub
Pub