Benfica considera denúncias do FC Porto "totalmente irrelevantes"

Fonte do clube considerou mensagens divulgadas "totalmente irrelevantes no conteúdo, exceto no facto dos diversos crimes que hoje voltaram a ser cometidos no Porto Canal"

O Benfica considerou "totalmente irrelevantes no conteúdo" a troca de mensagens de correio eletrónico divulgadas na terça-feira pelo diretor de comunicação do FC Porto, disse hoje à Lusa fonte dos 'encarnados'.

No programa "Universo Porto", do Porto Canal, Francisco J. Marques divulgou um alegado e-mail enviado por Mário Figueiredo ao presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, em abril de 2014, sobre declarações do presidente do Sporting de Braga, António Salvador, denunciando a "subserviência de Mário Figueiredo com o Benfica".

Contactada pela Lusa, fonte do Benfica considerou estas mensagens "totalmente irrelevantes no conteúdo, exceto no facto dos diversos crimes que hoje voltaram a ser cometidos no Porto Canal".

No programa televisivo, o responsável portista apresentou várias mensagens alegadamente trocadas entre o assessor jurídico da SAD do Benfica, Paulo Gonçalves, e Mário Figueiredo, o delegado da Liga de clubes Nuno Cabral e o ex-árbitro de futebol Adão Mendes.

Na passada quarta-feira, um dia depois de Francisco J. Marques ter divulgados mensagens de correio eletrónico alegadamente trocadas entre o diretor de conteúdos da BTV, Pedro Guerra, e o ex-árbitro Adão Mendes, o Ministério Público (MP) confirmou ter recebido uma denúncia anónima em que o clube 'encarnado' é acusado de corrupção, tendo a mesma sido encaminhada para o DIAP de Lisboa com vista a instauração de inquérito.

Relacionadas

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular

  • no dn.pt
  • Desporto
Pub
Pub