Fortuna de Cristiano Ronaldo já ameaça a de Beckham

Estrela portuguesa do Real Madrid é, para a 'Forbes', o segundo mais bem pago do mundo, com 22,5 milhões de euros

Cristiano Ronaldo é o segundo futebolista mais bem pago do mundo, segundo um estudo ontem divulgado pela revista norte-americana Forbes. A estrela portuguesa aufere qualquer coisa como 22,5 milhões de euros por ano, uma montante que engloba os salários que aufere no Real Madrid, bem como as receitas resultantes dos seus principais patrocinadores: Nike, Coca-Cola e Giorgio Armani.

O avançado português está ainda a alguma distância do mais bem pago do planeta, que continua a ser David Beckham, que, aos 35 anos, representa o AC Milan por empréstimo dos norte-americanos dos Los Angeles Galaxy. O futebolista inglês combina o seu ordenado com o facto de ser o rosto da Adidas, Motorola e também da Giorgio Armani.

Christina Settimi, repórter da Forbes, revelou que o estudo levou em conta uma "combinação de salários, incentivos e patrocínios", mas também levou em conta "a apreciação de agentes e especialistas em futebol".

Cristiano Ronaldo poderá em breve ultrapassar Beckham, uma vez que o futebolista irá falhar o Mundial de 2010 devido a uma lesão. O português, se tudo correr normalmente, irá lá estar e tem tudo para ser uma das figuras do torneio.

É certo que Cristiano Ronaldo é desde o início da época, quando trocou o Manchester United pelo Real Madrid, o futebolista com salário mais alto do mundo, uma vez que aufere mais de 11 milhões de euros por cada um dos seis anos, sendo que este valor terá um aumento de 25% todos os anos.

Em terceiro lugar surge outro jogador do Real Madrid, o brasileiro Kaká, com 18,7 milhões de euros de rendimentos anuais.

O argentino Lionel Messi, estrela do Barcelona e melhor jogador do mundo de 2009, aparece apenas em sexto lugar, com 15 milhões de euros de rendimentos, atrás do brasileiro Ronaldinho Gaúcho (4.º classificado) e o francês Thierry Henry (5.º).

Últimas notícias

Mais popular